Viva sua casa

Prática para o casal

Um ambiente moderno, prático e charmoso  para você preparar um jantar a dois no maior conforto

Como escolher plantas para o interior da sua casa

Ter plantas em casa pode parecer um desafio, principalmente para quem nunca teve experiência com o cultivo. Mas, cultivar plantas pode ser muito mais simples do que parece, seguindo algumas dicas e observando os sinais, o cultivo se torna prazeroso e descomplicado.


1. Observar o seu espaço.

O primeiro passo é escolher o local que você quer cultivar a sua planta, observar o espaço em vários momentos do dia. Se o local for predominantemente ensolarado, você já sabe que a planta escolhida será de uma espécie que goste de sol. Se o espaço tiver predominantemente iluminação natural, mas não bate sol direto, a escolha será por uma planta que goste de meia sombra. Se o seu espaço não tem luz natural em abundância em nenhum momento do dia, será uma planta de sombra.


2. O que a sua planta gosta?

Algumas plantas gostam de exposição ao sol, outras plantas preferem local sombreado e outras se adequam aos dois ambientes. Lembrando que plantas não sobrevivem com saúde em lugares totalmente escuros.

O tipo de solo tem relação com o que a planta gosta. Algumas plantas de sombra e meia sombra gostam de solos mais pesados. Plantas que gostam de sol, geralmente preferem solos mais leves. 

A ventilação do seu espaço influencia diretamente na umidade do solo e nas folhas, logo, plantas que gostam de mais umidade e que possuem folhagens largas não vão gostar de locais com muito vento.

Em resumo, observe a iluminação, ventilação e tipo de solo para definir qual espécie adquirir. Procure um especialista para te orientar sobre alguma espécie mais rústica e de fácil manutenção caso tenha pouco tempo para cuidar da sua planta.

Para os ambientes internos, uma composição adequada de vasos dará um toque a mais na sua decoração. O conjunto vaso e planta deve conversar com o estilo de decoração, de maneira que favoreça o ambiente. Podendo ousar de formas, texturas, cores e volumes. 


3. Sugestão de plantas para jardineiros de primeira viagem.

JIBOIA


Trepadeiras de meia-sombra, mas que se adapta bem ao sol. Tem as folhas verde-escuras ou em diversos tons, com crescimento rápido. Usado em vasos em prateleiras altas e trazem um charme quando estão pendentes.

PACOVÁ

Com folhas grandes e brilhantes, deve ser mantida sempre à meia-sombra, com solo úmido e bem regado. Fica bem em vasos, mas tende a formar um caule que cresce em direção à luminosidade.

PALMEIRA-RÁFIA


Pode chegar a 3 m e é uma espécie perfeita para vasos em locais com muito vento. Deve ficar longe do sol para que suas folhas não fiquem amareladas. Precisa de pouca manutenção.

Não hesite em tirar suas dúvidas com um especialista, qualquer dúvida poderá entrar em contato comigo em: contatostudiorelva@gmail.com

Camilla Sousa Gomes   l   Arquiteta paisagista.
Instagram: @studio_relva.