Linhas de metais para banheiros

Os metais que compõem o banheiro são bastante importantes pois devem garantir maior praticidade e conforto, além de acrescentar estilo ao ambiente.

É comum se deixar levar apenas pela estética dos materiais, porém alguns cuidados são fundamentais para o sucesso da obra, e para evitar problemas no futuro. E é justamente sobre isso que queremos falar no texto de hoje.

Mas antes de começar queremos dizer que adoraríamos reconhecer todos os artistas. Então, se alguma dessas imagens é sua, entre em contato com a gente através do direct @livencasa ou por e-mail através de contato@livencasa.com. Procuramos bastante as fontes, mas em muitos casos não achamos :(

O QUE LEVAR EM CONSIDERAÇÃO INICIALMENTE?

Ao escolher seus metais, coisas básicas devem ser consideradas, como, por exemplo, você sabe que deve procurar peças que sejam muito resistentes à umidade e feitas de matérias primas duráveis.

No entanto, precisamos saber de outras coisas antes de ir às compras, como o tamanho em metros quadrados do cômodo e as especificações técnicas de sua residência, como, por exemplo, a pressão e a coluna de água do banheiro.

Mas o que é coluna de água? A coluna de água é a distância entre o ponto de instalação do metal e a caixa d’água. Quanto maior esta distância, maior será a pressão de água - por exemplo, se você mora no térreo, ou primeiro andar de um prédio, a pressão na sua casa será maior que a dos moradores do terceiro ou quarto andar, e assim sucessivamente. É possível descobrir essa informação através dos projetos da casa ou com a ajuda de um encanador de confiança.

Com as informações acima, pergunte ao vendedor quais metais podem suportar a pressão. Às vezes, as peças precisam de mais pressão para funcionarem corretamente. E outras vezes, em torneiras e chuveiros em que a água tem muita pressão, o jato sai espalhado e molhando tudo ao redor - nestes casos, recomendamos a instalação de “reguladores de pressão”, que são aparelhos que regulam a passagem de área e evitam o espalhamento de água.

TENDÊNCIAS

Em posse dessas informações, é hora de escolher entre os milhares de modelos disponíveis no mercado e, para isto, é importante estar de olho nas tendências.

Saiba que as tendências predominantes para os metais são as formas retas e curvas, mas existe uma infinidade de opções no mercado que vão desde peças mais simples até peças assinadas por designers consagrados.

Quanto às cores, estão cada vez mais em alta os acabamentos em preto, dourado e rosé. Mas, para quem busca opções mais econômicas, o cromado possui menor preço em comparação às peças coloridas e são sempre uma escolha versátil.


Na hora de escolher seus metais, uma dica importante é a harmonização entre as peças. Além de casar com o ambiente, elas devem casar entre si. Então, é fortemente recomendado que as peças para torneiras, misturadores, chuveiros, acabamentos, e acessórios sejam da mesma linha.



ALGUMAS LINHAS DE METAIS

Aqui trouxemos como destaque três linhas da Deca, são elas: a linha Polo, linha Unic e linha Quadratta.

A linha Polo possui formas retas e planas, formando uma linha de desenho leve, contemporâneo e versátil, sendo perfeito para ambientes que buscam sofisticação e um resultado clássico, pois está disponível nas cores prata e cromado.



A linha Unic é desenhada em formas retas e possui uma grande variedade de produtos e cores como: black noir, black matte, gold, red gold e gold matte, além do clássico cromado. Essa variedade de produtos a torna muito versátil e perfeita para ambientes mais minimalistas e contemporâneos, no estilo escandinavo, por exemplo.



A linha Quadratta possui as mesmas cores e uma cor a mais: a Corten. Ela também é perfeita para ambientes modernos e minimalistas.



Todas essas linhas possuem design ergonômico, e possuem volantes práticos e dinâmicos para o manuseio, evitando que sua mão escorregue ao abrir uma torneira, por exemplo.

QUAIS AS DISTÂNCIAS?

Aaaah, mas queremos dar dicas práticas!

Quais seriam as alturas médias de cada metal do banheiro, por exemplo? Afinal, não dá pra sair colocando-os em qualquer lugar, cada objeto tem seu local certo e altura ideal.

Começando com as torneiras, as torneiras podem ser: de bancada, de parede, de teto e de piso. Sendo:

- Torneira de bancada: quando a torneira é instalada na própria cuba ou bancada.

- Torneira de parede: quando é instalada na parede.

- Torneira de teto: uma solução criativa e moderna. A torneira é instalada no teto.

- Torneira de piso: a torneira é instalada no piso.

A escolha do tipo de torneira vai determinar o design da sua bancada e o encanamento existente influenciará a decisão ou o novo encanamento deve ser instalado de acordo com o tipo de torneira escolhida. Caso isso não seja considerado, é possível que pequenas reformas sejam necessárias para criar um novo ponto de água para o local de instalação da torneira.

Para banheiros e lavabos, normalmente, a torneira é utilizada apenas para lavar as mãos. Então a altura entre a bica e a borda da cuba deve ter uma distância confortável para isso, fazendo a compatibilidade de tamanho entre a torneira e a cuba e bancada. Essa distância não pode ser muito grande, caso contrário a água pode respingar molhando a bancada e o usuário. Nossa sugestão é uma distância de 10 a 15 centímetros.

Uma das questões que também impactam na escolha é o tipo de cuba utilizado. As cubas de apoio (que são aquelas apoiadas sobre as bancadas) exigem torneiras mais altas, por exemplo, escolhendo-se assim as torneiras de parede muitas vezes - mas torneiras de bica alta também são boas escolhas. Além disso, a direção do jato de água das torneiras deve ser direcionado ao centro do ralo, a fim de que a água não invada a pia ou bancada nem respingue no usuário.



Quanto ao chuveiro, você precisa saber que a altura padrão de um chuveiro é 2,10m para pé direito de até 2,40m (lembrando que pé direito é a medida entre altura o piso e o forro). O registro do chuveiro deve estar a mais ou menos 1,20m de altura. Lembrando que esta altura é menor (com cerca de 1 metro) para banheiros com acessibilidade. E a área recomendada para box, que compreenderá o banheiro, é pelo menos 90x90 e para que exista um espaço para movimentação. E a ducha higiênica deve estar entre 50 a 55 centímetros de altura do piso e a cerca de 35 centímetros deslocada do eixo do vaso. 

COMO CUIDAR?

Tá bom, metais escolhidos e instalados, como você vai cuidar deles?

Na hora de limpar, tome cuidado para não utilizar produtos abrasivos, por exemplo, o lado verde da esponja e a lã de aço, pois eles podem corroer os materiais e diminuir a durabilidade do produto.

Para limpar mais superficialmente, utilize água para retirar as sujeiras. Já para limpezas mais profundas, recomenda-se a utilização de produtos que sejam específicos para cada tipo de material. E sempre utilizando materiais macios como Perfex, o lado amarelo da esponja e panos macios.

Além disso, é importante também ficar atento a vazamentos e possíveis danos nas peças.


CONCLUSÃO

Como observamos neste post, a escolha dos metais do nosso banheiro merece um cuidado todo especial, então, planejamento é tudo!

Ao escolher seus metais, é importante se atentar para as funcionalidades e a harmonização das peças, além de outros detalhes.

Mas conta aí pra gente, você está pensando em fazer uma reforma no seu banheiro? Está construindo? Esperamos que nosso artigo tenha ajudado nessa tarefa!

Deixe a gente saber no Instagram da @livencasa.