Barras de apoio - Por Ana Valéria

Acidentes domésticos ocorrem por diversas causas e em diferentes cômodos. Desde o hall de entrada de uma casa ou apartamento até o quarto, é necessário tomar muito cuidado quando o ambiente for utilizado tanto por idosos quanto por pessoas com necessidades especiais.

Visando aprofundar o seu conhecimento sobre um local bastante perigoso e que possui alta incidência de problemas, falarei neste texto sobre como e quais elementos de apoio costumam está ausentes nos banheiros, já que são eles os colecionadores de tantas histórias reais sobre quedas e dificuldade na utilização diária.


Falta de elementos de apoio    

O banheiro é um ambiente em que se deve ter bastante atenção durante o seu uso. A ausência de um apoio ou presença de um item que parece ajudar, acaba trazendo mais problemas e pode gerar desequilíbrio e potenciais tombos. 
Esses itens de apoio devem está presentes ao longo do espaço como um todo, como os exemplos a seguir:

Box do chuveiro

Neste local, é de suma importância ter uma barra fixa para que, durante o seu uso, você ou seu ente querido possa se sentir mais seguro e ter algo confiável para segurar em caso de necessidade.

Vaso sanitário

Nesta região, as barras de apoio geram maior tranquilidade aos movimentos de sentar e levantar.

Lavatório/Bancada

A fim de substituir o hábito de se apoiar na pia, a qual pode estar mal fixada e ceder, as barras trazem maior conforto na hora de entrar e sair do banheiro, assim como durante o uso da pia e torneira. 

Além da utilização das barras de apoio, é super relevante mencionar que a altura do vaso sanitário deve ser mais alta, conforme a norma NBR0950. Ademais, o uso de assentos mais altos não devem nem ser levados em consideração no momento da escolha do assento e vaso sanitário, pois são instáveis e podem rachar/desprender.

Para facilitar a compreensão dos itens acima, trago em seguida imagens de um projeto que mostro o antes e o depois com suas irregularidades e correções. 

As irregularidades são: modelo de assento inadequado para a bacia sanitária; excesso de itens em cima da bancada; tapetes que podem gerar escorregões; barras instaladas de forma inadequada e de difícil uso; cadeira de plástico de apoio; desnível entre o piso da área seca e molhada -box; banco solto para banho e fechamento do box em vidro.


As correções realizadas nas imagens posteriores estão de acordo com a norma NBR9050.



Agora que ficou claro como deve ser configurado um banheiro para idosos ou portadores de necessidades especiais na prática, convido-lhe a acessar o meu e-book "Casa Segura para Idosos". Nele você terá uma visão holística de cuidados a serem tomados na casa como um todo.

Caso tenha restado alguma dúvida, não hesite em entrar comigo por meio do meu Instagram e/ou da Liven. E também através do chat da Liven.

Ana Valéria