Dicas imperdíveis para combater o Coronavírus

O Coronavírus tem sido cada vez mais tema de discussões nos últimos dias e isso tem gerado um grande estresse, quebra de planos e até preconceito. A fim de amenizar esta situação e gerar mais harmonia e tranquilidade, extraí de fontes super confiáveis o que é o coronavírus, o motivo de ser tão preocupante, como ele se manifesta, seu período de incubação e como funciona o período denominado quarentena. Além disso, separei dicas muito valiosas baseadas nas prescrições da Organização Mundial da Saúde (OMS) para garantir que sua casa esteja sempre limpinha e que você tome os devidos cuidados fora dela também!

O que é coronavírus

Mas o que é esse vírus? Existe só um tipo dele? 
De acordo com o site de saúde de São Paulo, Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados dos anos 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais.
A OMS menciona que esta família de vírus que causa a COVID-19 não é a que comumente circula entre os seres humanos, mas sim um tipo desconhecido. Os coronavírus comuns que infectam humanos são alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1. 
O biólogo especialista Átila Iamarino explicou em um episódio do podcast do Primo Rico que este vírus é mais preocupante para idosos, pessoas com problemas cardíacos, respiratórios e diabetes. 

Motivo de ser tão preocupante

O biólogo Átila também mostrou um cálculo muito interessante que representa o motivo pelo qual a COVID-19 é tão preocupante. Segundo ele, ao contrário da gripe normal, em que a cada 100 pessoas que pegam a gripe 1 precisa ir ao hospital por falta de ar e complicação respiratória e cada 1000 pessoas  que pegam gripe 1 morre. 
Para o coronavírus, a cada 100 pessoas que pegam, 20 não possuem sintomas e podem passar o vírus sem saber que estão doentes e 19 precisam ir ao hospital, das quais 6 precisam ser internadas. Sendo assim, aproximadamente 14 % das pessoas que contraem o vírus, não conseguem perceber que estão infectadas e, potencialmente, mantém o padrão de vida normal podendo contaminar outras pessoas.

Sintomas, Proliferação e Período de Incubação

De acordo com o site saude.sp.gov.br , os coronavírus humanos comuns causam infecções respiratórias brandas à moderadas de curta duração. Os sintomas podem envolver coriza, tosse, dor de garganta e febre. Esses vírus algumas vezes podem causar infecção das vias respiratórias inferiores, como pneumonia. Esse quadro é mais comum em pessoas com doenças cardiopulmonares, com sistema imunológico comprometido ou em idosos.
Já com relação à proliferação, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças alerta que o vírus pode se espalhar de várias formas:
Por meio de contatos próximos entre as pessoas;
Através das gotículas exaladas por uma pessoa infectada ao tossir ou espirrar. Tais gotículas podem chegar até a boca ou nariz de alguém e, em seguida, chegar até os pulmões;
Ao ter contato com uma superfície ou objeto contaminado e depois tocar seus olhos, nariz ou boca;
É importante compreender que esse vírus possui um período de incubação de 2 a 14 dias, ou seja, o período entre o momento de infecção de uma pessoa e a aparição de sintomas nela demora entre 2 e 14 dias.

O que é quarentena segundo o governo brasileiro

Conforme na disposto na LEI Nº 13.979, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2020, “quarentena” significa a restrição de atividades ou separação de pessoas suspeitas de contaminação das pessoas que não estejam doentes, ou de bagagens, contêineres, animais, meios de transporte ou mercadorias suspeitos de contaminação, de maneira a evitar a possível contaminação ou a propagação do novo coronavírus. 
Desta forma, a quarentena se aplica à restrição de atividades de pessoas com algum fato suspeito dos demais indivíduos não doentes. O conceito de isolamento trata do afastamento de indivíduos comprovadamente doentes para evitar um risco já instalado de propagação da doença.

Dicas para evitar contrair e espalhar a COVID-19

Alinhado com a OMS, produzi algumas dicas super especiais para evitar contrair e espalhar a COVID-19 dentro e fora de casa:

Lave bem e com frequência as mãos com água e sabão ou com produtos a base de álcool;

- Tente manter-se, pelo menos, a 1 metro de distância de pessoas que estão tossindo e/ou espirrando;

- Evite tocar os olhos, nariz e boca;

- Evite tossir e espirrar sem proteger as pessoas ao seu redor;

- Se você sentir um mal estar leve, permaneça em casa mantendo-se hidratado e bem alimentado;

- Caso sinta febre, tosse constante e dificuldade ao respirar, procure um médico;

- Mantenha-se informado sobre a evolução da COVID-19 para sempre estar por dentro das novidades sobre a doença.

Agora vai uma DICA SUPER ESPECIAL da Liven para você: para manter seus alimentos bem higienizados, ter a certeza que suas mãos estão realmente limpas e desinfectar superfícies e objetos, utilize o Misturador de Mesa Ozônio, pois, segundo a Docol, ele garante que 99% das bactérias serão eliminadas, pois o ozônio é um esterelizante natural eficiente na eliminação dos agentes nocivos à saúde. 
Aqui no blog tem um texto que explica todas as funções e como esse equipamento pode mudar a sua vida. Sua forma de usar é bem simples, aperte o botão em sua lateral, "abra" a torneira e deixe o que precisar ser higienizado em contato com a água que contém ozônio durante 30 segundos. Uma vez feito o processo, o risco de você contrair a COVID-19 é bem menor.

Agora que você já sabe o que é essa doença tão falada, como ela é transmitida e recebeu dicas valiosas de como evitá-la, convido-lhe a compartilhar esse conteúdo com as pessoas que você mais gosta para que elas também estejam protegidas e munidas de conhecimento para não contrair o Coronavírus.


Lucas de Magalhães